Coordenadora do NISP ministrará palestra sobre OSCs para além do FIA

No próximo dia 08 de outubro de 2020, às 19h, a professora Dra Carolina Andion, coordenadora do Núcleo de Inovações Sociais na Esfera Pública (NISP) e do Observatório de Inovação Social de Florianópolis (OBISF), da Esag/Udesc, ministrará palestra sobre as “Organizações da Sociedade Civil para além do FIA”.

Essa palestra faz parte do conjunto de capacitações oferecidas pelo Instituto Araxá de Inovação Social, organização da sociedade civil de caráter socioassistencial de assessoria e defesa de direitos. Além disso, a palestra faz parte do programa “Sua Causa Nossa Causa”, desenvolvido pelo Instituto Araxá e cofinanciado pelo Fundo da Assistência Social do Município de Itapema, sendo ainda chancelado pelo Conselho Municipal de Assistência Social. 

O programa “Sua Causa Nossa Causa” tem como objetivo “prestar assessoramento técnico, administrativo e de formação de caráter socioassistencial, de comunicação social, de psicologia de desenvolvimento humano cooperativo, de assessoria e consultoria de gestão institucional e de projetos, de assessoria e consultoria de organização comunitária e incubadora social, facilitando processos de articulação da Rede do Sistema Único de Assistência Social com a Rede da Infância e Adolescência com as demais políticas públicas”.

O evento será realizado por meio do Facebook do Instituto Araxá. Assim, para participar da palestra basta curtir a página do Instituto no Facebook no link: www.fb.com/institutoaraxa.

Assim, não se faz necessária a realização de inscrição prévia para participar da palestra, pois o evento é aberto para todos os interessados. Porém, para quem tiver interesse em receber certificação de participação na palestra, faz-se necessário realizar a inscrição por meio do link: https://forms.gle/rQwxY1sGrFy8mZAf7.

Sobre a realização da palestra, o presidente do Instituto Araxá, Diego Cabalheiro, ressalta: “a palestra com a professora Carol Andion faz parte de nossas comemorações da semana da criança e dos 30 anos do ECA e vem como forma de recobrarmos nas instituições que trabalham com esse público prioritário a importância de pautarem nos conselhos dos direitos da criança e do adolescente questões sensíveis a rede de proteção desses direitos, fomentar o debate acerca da real implementação da política pública e de recobrar a questão do controle social, para além de repasse de recursos do Fundo para Infância e Adolescência (FIA). Fortalecer a participação ativa das OSCs na defesa de direitos e também colaborar para que elas não caiam em uma rotina de serem apenas prestadoras de serviço da administração pública municipal”.


Por Hudson Oliveira, redator de Comunicação do OBISF / NISP / ESAG / UDESC
Revisão e postagem por Pâmela Susani, bolsista de Comunicação do OBISF / NISP / ESAG / UDESC

Deixe uma resposta